Ebserh assume gestão de hospitais da UFRJ
Foto: Luis Fortes/MEC

Ebserh assume gestão de hospitais da UFRJ

Para os primeiros 100 dias, a Ebserh prevê a ampliação de 36 novos leitos e metas de fortalecimento aos serviços

Na manhã de quinta-feira (6), o Ministério da Educação (MEC), por meio da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), oficializou a Ebserh como a responsável pela gestão de três unidades que compõem o complexo médico-hospitalar da instituição, sendo elas o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG) e a Maternidade Escola (ME).

Estiveram presentes na cerimônia o Ministro da Educação, Camilo Santana, o presidente da Ebserh, Arthur Chioro, e o reitor da universidade, Roberto Medronho. Com a parceria, a empresa passa a administrar 45 unidades hospitalares distribuídas por todo o país.

Dentre as obrigações dispostas em contrato divulgado no dia seguinte, 7 de junho, é previsto que a UFRJ faça a adesão ao Exame Nacional de Residência (ENARE). Procurados pelo Estratégia MED para confirmar a adesão, a UFRJ informou que a participação do hospital no ENARE 2024 ainda está sendo discutida pela COREME do HUCFF, Maternidade Escola e IPPMG.

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre residência médica e revalidação de diplomas, além de materiais de estudo gratuitos e informações relevantes do mundo da Medicina.

Investimentos e Plano de Transição

Ao todo, o contrato prevê o investimento de R$326 milhões do Governo Federal, por meio do Novo Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC). Desse valor, R$115 milhões serão destinados à readequação de espaços físicos e melhoria da infraestrutura, garantindo ainda para o primeiro ano 162 novos leitos — distribuídos entre as três unidades, sendo leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), clínicos e cirúrgicos. Os outros R$211 milhões, aplicados via Programa Nacional de Qualificação e Ampliação dos Serviços Prestados por Hospitais Universitários Federais Integrantes do Sistema Único de Saúde (PRHOSUS), serão destinados à renovação do parque tecnológico, incluindo a aquisição de equipamentos e computadores, por exemplo.

O contrato ainda prevê a admissão de mais de 700 profissionais concursados, além do incentivo à pesquisa, com bolsas do Programa de Iniciação Científica (PIC) e do Programa de Iniciação Tecnológica (PIT) da Rede Ebserh.

Para o plano de transição, a Ebserh propõe para os 100 primeiros dias a ampliação de 14 novos leitos de UTI adulta, 2 de UTI pediátrica, 8 de UTI coronariana e mais 12 cirúrgicos. Entre as metas para o mesmo período também estão o fortalecimento de serviços de doenças raras e pré-natal de pacientes de alto-risco e de homens trans, e mais.

Por fim, se você quer ficar por dentro de mais conteúdos relevantes sobre a área médica, continue acompanhando o material preparado pelo Portal de Notícias do Estratégia MED. Aqui, você encontrará informações atualizadas sobre residências, carreira médica e muito mais.

Banco de questões Medicina
Você pode gostar também