Revalida INEP 2024.1: confira o gabarito preliminar, padrão esperado de respostas e recursos
Estratégia MED

Revalida INEP 2024.1: confira o gabarito preliminar, padrão esperado de respostas e recursos

Confira a correção da primeira etapa do Revalida INEP 2024.1 comandada pelo time de professores especialistas do Estratégia MED

No domingo, 17 de março, mais de 10 mil candidatos participaram da primeira etapa do Revalida INEP 2024.1 — primeira edição do processo de revalidação de diplomas de medicina do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira no ano.

Com a nota de corte estabelecida em 91,96 pontos para garantir a classificação para a segunda etapa do processo, os participantes foram avaliados por meio de duas provas teóricas: prova objetiva (P1), composta por 100 questões de múltipla escolha e, prova discursiva (P2), com 5 questões discursivas.

Se você prestou a primeira etapa do Revalida INEP 2024.1, ou está se preparando para a próxima edição, não deixe de conferir a correção dos professores especialistas do Estratégia MED e divulgação do gabarito! Confira detalhes abaixo.

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre residência médica e revalidação de diplomas, além de materiais de estudo gratuitos e informações relevantes do mundo da Medicina.

Gabarito e Recursos Revalida INEP 2024.1

Com o gabarito e do padrão esperado de respostas preliminares divulgados no dia 20 deste mês, os candidatos terão até o dia 26 de março para interpor recursos contra as questões e gabarito.

E para ajudar os candidatos a elaborarem os recursos, os professores especialistas do Estratégia MED prepararão modelos, com a argumentação e referência bibliográfica de cada questão passível de questionamento da prova. Acompanhe as atualizações abaixo:

Caso seja necessário, o recurso precisa ser apresentado de maneira adequada e com uma estrutura correta e, como o Estratégia MED está presente em todas as etapas do Revalida, preparamos também um guia para te auxiliar neste momento. O “Guia Revalida: como elaborar um recurso irrecusável?” é gratuito e já está disponível clicando na imagem abaixo:

Gabarito Revalida INEP 2024.1 do Estratégia MED

Os professores especialistas do Estratégia MED estiveram ao vivo em nosso canal do YouTube comandando a correção de todas as 100 questões objetivas aplicadas, bem como as 5 questões discursivas, sanando dúvidas e sinalizando possíveis detalhes que possam ser passíveis de recursos contra questões ou gabarito preliminar, se necessário.

A transmissão da correção aconteceu no dia 17 de março e você pode conferir neste mesmo texto:

Prova Objetiva Revalida INEP 2024.1

1 – A21 – B41 – D61 – D81 – C
2 – A22 – D42 – A62 – C82 – B
3 – C23 – A43 – *63 – B83 – D
4 – D24 – B44 – B64 – D84 – A
5 – A*25 – C45 – D*65 – A85 – D
6 – D26 – D46 – A66 – A86 – B
7 – D27 – A*47 – D67 – C87 – C
8 – C28 – B48 – D68 – A88 – B
9 – B29 – C49 – C69 – C89 – B
10 – D30 – B50 – *70 – D90 – C
11 – D31 – C51 – A71 – C91 – A
12 – A32 – D52 – B72 – A92 – D
13 – C33 – B53 – B73 – A93 – A
14 – D34 – C54 – B74 – B94 – D
15 – C35 – B55 – A75 – B95 – C
16 – A36 – D56 – C76 – C96 – A
17 – D37 – C57 – A/B*77 – B97 – C
18 – D38 – B58 – C*78 – D98 – B
19 – D39 – A59 – D79 – B99 – C
20 – D40 – A60 – A80 – B100 – A
Questões com alternativas destacadas com * são passíveis de recursos, de acordo com os professores do Estratégia MED

Prova Discursiva Revalida INEP 2024.1

1. a) Doença de Alzheimer.
(valor: 3,0 pontos)
b) Hipertensão Arterial Sistêmica.
*Ressalva de que Diabetes Melittus também está correto, dependendo do gabarito.
(valor: 2,0 pontos)
c) Hipotiroidismo, Neurossifilis e deficiência de vitamina B12.
*Ressalva de que Hidrocefalia de pressão normal, demência vascular, demência por corpúsculos de Lewy e demência fronto-temporal também deveriam ser aceitos, dependendo do gabarito.
(valor: 3,0 pontos)
d) Rivastigmina, Donepezila, Galantamina ou Memantina.
(valor: 2,0 pontos)
2. a) Paralisia de corda vocal (ou Lesão do nervo laringeo recorrente.
(valor: 3,0 pontos)
b) Hipocalcemia, manobras de Trousseau e de Chvostek.
(valor: 3,0 pontos)
c) Hipotireoidismo primário e levotiroxina. Hipoparatireoidismo primário e hipocalcemia sintomático, gluconato de cálcio (tratamento imediato), com posterior tratamento crônico do hipoparatireoidismo crônico com carbonato de cálcio e calcitriol.
(valor: 4,0 pontos)
3. a) Crise grave. Hipoxemia, uso de musculatura acessória (tiragem intercostal e de fúrcula), taquicardia e taquipneia.
(valor: 3,0 pontos)
b) ● Monitorização;
● Oximetria de pulso;
● Avaliação da pressão arterial;
● Internação;
●Oferta de oxigênio;
● Sulfato de magnésio (50 mg/kg e deve ser infundida em 30 minutos);
● Manter SABA e corticoterapia.
(valor: 3,5 pontos)
c) ● Infecções respiratórias (vírus, bactérias);
● Exposição a alérgenos (inalante, alimentar e ocupacional);
● Irritantes respiratórios inalados (fumaça de tabaco e ar frio e seco);
● Temperatura e clima;
● Atividade física;
● Flutuações hormonais;
● Medicamentos, principalmente os betabloqueadores, AAS (ácido acetilsalicílico).
● Fatores emocionais (ansiedade, estresse, etc).
(valor: 3,5 pontos)
4. a) Não.
Fase ativa: a partir dos 5 cm de dilatação com contrações fortes e regulares.
(valor: 4,0 pontos)
b) Não.
A internação deve ocorrer na fase ativa do trabalho de parto, a gestante está na fase latente.
(valor: 2,5 pontos)
c) ● Educação Perinatal;
● Técnicas de respiração, relaxamento, hipnose;
● Apoio contínuo durante o parto;
● Movimentação e mudança de posição;
● Bola de parto;
● Hidroterapia;
● Massagem;
● Acupuntura, acupressão, TENS;
● Musicoterapia e aromaterapia.
(valor: 1,5 ponto)
d) Perda de líquido, parada da movimentação fetal, sangramento vaginal, piora das contrações.
(valor: 2,0 pontos)
5. a) Manchas vermelhas em membros superiores, tórax e membros inferiores; Artralgia.
(valor: 2,0 pontos)
b) Febre Chikungunya.
(valor: 1,0 ponto)
c) Dengue e leptospirose.
(valor: 1,0 ponto)
d) 1) RT-PCR para chikungunya em amostra de sangue;
2) Analgesia;
3) Hidratação oral;
4) Notificação compulsória;
5) Orientar retorno no caso de persistência da febre por mais de 5 dias ou no aparecimento de sinais de gravidade.
(valor: 5,0 pontos)
e) O novo Guia de Vigilância em Saúde traz uma série de ações que podem ser realizadas para as arboviroses brasileiras clássicas (dengue, zika e chikungunya). Provavelmente o gabarito virá considerando essas ações, onde o candidato precisa escolher apenas duas:

1 – Construir, manter, alimentar e retroalimentar sistemas de informações de dengue, chikungunya e Zika, visando ao acompanhamento dessas arboviroses e à construção de indicadores epidemiológicos para orientar ações, avaliar efetividade dos programas de prevenção e controle, assim como apoiar estudos e pesquisas voltadas ao aprimoramento da vigilância e do controle.
2 – Monitorar a ocorrência de casos graves de dengue, chikungunya e Zika, assim como as manifestações atípicas de chikungunya e a cronicidade da doença, a ocorrência de Zika em gestantes e os casos de manifestações neurológicas, possivelmente, relacionados à infecção prévia por esses arbovírus.
3 – Contribuir para a redução da magnitude de ocorrência de dengue, chikungunya e Zika, por meio da identificação oportuna de áreas com maior número de casos, visando orientar ações integradas de prevenção, controle e organização da assistência.
4 – Investigar oportunamente os óbitos suspeitos ou confirmados de dengue, chikungunya e Zika, mediante identificação de seus possíveis determinantes e definição de estratégias para aprimoramento do manejo adequado e oportuno aos casos, evitando a ocorrência de novos óbitos.
5 – Fornecer indicadores epidemiológicos e entomológicos que apoiem o desenvolvimento das ações de controle dessas arboviroses, bem como, monitorar a situação em saúde e da gestão no território.
6 – Realizar monitoramento para detecção oportuna da circulação viral de dengue, chikungunya e Zika, incluindo alerta para possíveis mudanças no padrão de circulação desses arbovírus.
7 – Considere também ações de controle químico e biológico do vetor mais prevalente (Aedes aegypti), busca ativa de casos pelos agentes comunitários e orientação da população quanto à eliminação de focos caseiros.
(valor: 1,0 ponto)

Cronograma 1ª Etapa – Revalida INEP 2024.1

  • Inscrições: 29/01 a 02/02/2024;
  • Envio do Diploma: 29/01 a 02/02/2024;
  • Solicitação de atendimento especializado: 29/01 a 02/02/2024;
  • Pagamento da taxa de inscrição: 29/01 a 07/02/2024;
  • Resultado da Análise do Diploma: 07/02/2024;
  • Recurso contra resultado da Análise: 07 a 16/02/2024;
  • Resultado do Recurso: 23/02/2024;
  • Divulgação da nota de corte da 1ª Etapa: 22/02/2024;
  • Divulgação do cartão de confirmação de inscrição: 04/03/2024;
  • Aplicação: 17/03/2024;
  • Gabarito preliminar da prova objetiva objetiva (P1) e do padrão de resposta da prova escrita discursiva (P2): 20/03/2024;
  • Recurso ao gabarito preliminar: 20 a 26/03/2024;
  • Resultados do recurso e gabarito definitivo: 26/04/2024;
  • Resultado Definitivo Prova Objetiva (P1): 26/04/2024;
  • Resultado preliminar Prova Escrita Discursiva (P2): 26/04/2024;  
  • Recurso contra Resultado preliminar (P2): 26/04 a 02/05/2024; e
  • Divulgação dos resultados finais da 1ª Etapa: 23/05/2024.
Prova Prática Online CTA
Você pode gostar também