Médico Legista: o que é, função e muito mais!

Médico Legista: o que é, função e muito mais!

Quer saber o que é e o que faz um médico legista? O Estratégia MED separou para você as principais informações sobre o assunto. Acompanhe este texto e descubra!

O que é?

O médico legista é um profissional que faz a ponte entre o direito e a medicina, cuja função é – ao periciar corpos humanos e documentos médicos, como prontuários e exames – obter provas, como, por exemplo, da ocorrência de um crime ou para algum processo previdenciário.

Quem pode ser médico legista?

Qualquer pessoa formada em medicina pode ser um médico legista, entretanto sua atuação ocorre principalmente em órgãos governamentais, como o Instituto Médico Legal (IML) e Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS). Assim, é necessário prestar e ser aprovado em concurso público.

Nesses concursos, geralmente é exigido apenas a formação em medicina e o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) onde a pessoa atuará. Entretanto, alguns editais podem prever pontuações extras para candidatos que fizeram pós-graduação ou residência específicas, como em Medicina Legal, por exemplo. 

Além dessa possibilidade, os médicos legistas podem atuar como peritos judiciais, nomeados por um juiz, ou atuar como assistentes técnicos indicados por uma das partes, seja da defesa ou da acusação, em causas que demandem esse tipo de trabalho. 

O que faz o médico legista?

O médico legista deve coletar provas por meio de perícias – seja de corpos de pessoas vivas ou que faleceram – ou analisando documentos médicos. 

Desse modo, há diversas formas de atuação dos médicos legistas, como realizar autópsias para verificar a causa mortis de alguém, a fim de analisar se foi uma causa natural ou se foi resultado de um homicídio ou maus-tratos. Também há o exame de corpo de delito que pode ser feito em investigações de estupro, lesão corporal ou violência doméstica. 

Quando um médico legista atua como assistente técnico ou perito judicial em um determinado processo, sua função é a de analisar as informações e provas trazidas pelas partes. Além disso, deve correlacionar esses dados para emitir um parecer que diga se as alegações daquele processo procedem ou não e embasar a decisão judicial. 

Quais os requisitos?

O médico legista geralmente só necessita do diploma de Medicina e de seu registro no CRM. Entretanto, há algumas especializações em Medicina Legal e Perícias Médicas, com duração de 12 meses. Também existe uma única Residência Médica no Brasil, oferecida pela USP em São Paulo, com duração de 3 anos. 

Quanto ganha um médico legista?

Os médicos legistas concursados ganham em torno de R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00, entretanto há variação em relação a cada concurso. 

Atualmente, a Polícia Civil do Estado de São Paulo paga como salário inicial o valor de R$ 8.699,94. Já a Polícia Civil do Distrito Federal tem como remuneração inicial o montante de R$ 16.830,85.

Por fim, os peritos judiciais têm o valor da perícia arbitrado pelo juiz. Os assistentes técnicos negociam diretamente com a parte contratante o valor a ser pago

Gostou do conteúdo que o Estratégia MED trouxe? Então aproveite as oportunidades de estudo que preparamos para você! Se você tem o objetivo de ingressar em uma das residências mais concorridas do país, então o Curso Extensivo de Estratégia MED é o seu principal aliado. 

Com ele, você tem acesso a aulas voltadas para a residência médica, material completo e constantemente atualizado, faz diversas questões, monta seus próprios simulados e organiza seus estudos da forma que mais combina com você. Se interessou? Clique no banner abaixo e saiba mais. 

Curso Extensivo Residência Médica

Você pode gostar também