Fontanela: o que é e quando fecha?

Fontanela: o que é e quando fecha?

Durante a pediatria, ou em algum momento de sua vida, você já deve ter ouvido sobre moleira, termo leigo para o que os médicos chamam de fontanela. Ficou na dúvida sobre o que é isso e quando fecha? Então solucione seus questionamentos com o artigo atualizado que o Estratégia MED preparou! Acompanhe!

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre residência médica e revalidação de diplomas, além de materiais de estudo gratuitos e informações relevantes do mundo da Medicina.

O que são Fontanelas?

As fontanelas são regiões da cabeça de um recém-nascido que não são envolvidas pelos ossos do crânio. Elas se fecham à medida que o bebê cresce e se desenvolve, levando à aproximação dos ossos craniais.

Essas regiões são delimitadas pelos ossos frontal, parietal direito e esquerdo e occipital. São de suma importância para o bebê durante o trabalho de parto, de maneira a facilitar a passagem pelo canal.

Não somente isso, durante o desenvolvimento do bebê, as fontanelas podem fornecer sinais importantes durante o exame físico. Por exemplo, se houver aumento da tensão na região, sua proeminência ou arredondamento, e os sintomas forem correlacionados à história do paciente – com presença de irritabilidade, vômitos em jato e tosse – o diagnóstico pode indicar meningite.

Outras doenças infecciosas do sistema nervoso central, como patologias neoplásicas, hipotireoidismo e Síndrome de Down também alteram o exame físico das fontanelas.

Além desses achados, podemos encontrar a fontanela deprimida, que pode ser sinal de desidratação do bebê, principalmente quando associada à história de diarreia, e/ou vômitos. Inclusive, é possível que a região apresente tensão normal ao exame físico, dando a oportunidade de excluir diagnósticos diferenciais.

Quais são as Fontanelas do bebê?

A fontanela bregmática ou bregma tem formato de losango e fica localizada na região anterior, na confluência dos ossos parietal direito, parietal esquerdo e frontal. Seu tamanho tem cerca de 1 a 4 cm. 

A fontanela lambdoide tem formato triangular e fica localizada na região posterior, entre os ossos parietais direito, esquerdo e occipital. Em comparação ao bregma, essa fontanela é menor, com cerca de 1 cm de diâmetro. 

Existem outras duas fontanelas, a  Esfenoide, localizada em região anterolateral, e a Mastoide, que está na região posterolateral. No entanto, elas geralmente não são avaliadas durante o exame físico de puericultura.

Quando fecha a Fontanela?

A fontanela anterior pode fechar-se entre o 9º e 18º mês e a posterior até o 2º mês. No entanto, quando o fechamento ocorre precocemente é nomeado de craniossinostose.

Essa patologia pode gerar comprometimento do crescimento cerebral e, geralmente, causa alteração do formato da cabeça do bebê, que não melhora com seu crescimento.

Segundo a Sociedade Brasileira de Neurocirurgia Pediátrica, se houver dúvida durante o exame físico, ou mesmo que a fontanela esteja fechada, devem ser avaliados os seguintes parâmetros: formato da cabeça, perímetro cefálico e o desenvolvimento neurológico da criança. Se não houver alteração nesses achados, não devemos nos preocupar.

Estudar por Questões

Estudar por resolução de questões ajuda o aluno a conhecer melhor a prova e a sentir-se mais seguro para realizá-la. Então, se você está se preparando para algum processo seletivo de Residência, o Sistema de Questões do Estratégia MED é seu principal aliado!

Nele você tem acesso a mais de 150 mil questões de Residência Médica e Revalida, e milhares delas já estão com comentários dos nossos professores. Não perca essa oportunidade, clique no banner e conheça agora o Sistema de Questões do Estratégia MED!

Curso Extensivo Residência Médica

Por: Caterina Germino

Você pode gostar também