IAMSPE responde à denúncia interposta pela CNRM acerca de irregularidades em sua prova de Residência Médica 2024
Estratégia MED | Foto: Alexandre Possi

IAMSPE responde à denúncia interposta pela CNRM acerca de irregularidades em sua prova de Residência Médica 2024

Em nota de esclarecimento, o IAMSPE recomenda a continuação das matrículas, bem como a posse dos residentes aprovados em 1° de março de 2024

O Plenário da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) formalizou uma denúncia à Coordenação-Geral de Residências em Saúde (CGRS) devido a supostas irregularidades na aplicação das provas de Seleção de Residência Médica presentes na prova objetiva aplicada aos candidatos de Acesso Direto do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE).

Segundo denúncias feitas, a prova objetiva aplicada no dia 7 de janeiro de 2024 não contava com questões referentes à Medicina Preventiva e Social, Medicina de Família e Comunidade, Saúde Coletiva. Em compensação a banca realizou o dobro de questões de Ginecologia e Obstetrícia. Tal prova contraria à Resolução CNRM Nº 17, de 21 de dezembro  de 2022, no capítulo VIII, art 22.

Confira mais: Nova Resolução da CNRM: confira mudanças e principais pontos

Em decisão do Plenário da CNRM, a COREME da instituição será submetida à supervisão na modalidade de diligência por um período de 60 dias. Além disso, o processo seletivo para o acesso direto não é reconhecido devido a sua não conformidade com a Resolução nº17/2022.

A CNRM determina que um novo processo seletivo para as vagas de acesso direto deve ser imediatamente realizado e apenas as inscrições no SISCNRM dos candidatos aprovados no novo processo seletivo, conforme as normas estabelecidas pela CNRM para as vagas de acesso direto, serão consideradas válidas. A elaboração do novo edital deverá contar com a supervisão da CEREM/SP. Confira o processo:

Saiba mais:
IAMSPE esclarece ausência de Medicina Preventiva na prova para Residência Médica 2024

Resposta do IAMSPE

Em nota de esclarecimento divulgada hoje (27) pela instituição, a COREME afirma que somente teve acesso à decisão da CNRM acerca de seu processo seletivo por meio das mídias sociais e, ainda, comprometeu-se a entrar em contato com a Comissão.

Além disso, a COREME do IAMSPE assegurou que o Departamento Jurídico da empresa contratada para realizar o processo seletivo – IDECAN – está sendo acionado para que as devidas providências sejam tomadas.

Por enquanto, a recomendação da instituição é que as matrículas continuem ocorrendo normalmente e que os médicos residentes compareçam para tomar posse de sua vaga no dia 1° de março de 2024, como havia sido programado. O IAMSPE ainda reiterou que as vagas foram conquistadas num processo seletivo que primou pela lisura e organização.

Confira a Nota de Esclarecimento do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE):

Resultado do processo

Visando cumprir a determinação da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE) teve que cancelar a prova de acesso direto aplicada no processo seletivo para residência médica 2024 em 7 de janeiro de 2024. Confira o comunicado oficial do IAMSPE divulgado no dia 29 de fevereiro na área do candidato do processo seletivo 2024:

Em comunicado oficial, o IAMSPE assegura que a nova prova será aplicada em data a ser divulgada em breve. Edital, datas e mais informações sobre inscrições ainda não foram divulgadas.

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre residência médica e revalidação de diplomas, além de materiais de estudo gratuitos e informações relevantes do mundo da Medicina.

Como é o processo seletivo do IAMSPE?

Para 2024, o processo seletivo de residência médica do Iamspe consistiu em uma única etapa.

Nela, todos os candidatos foram avaliados através de uma prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, com distinção apenas do conteúdo cobrado entre os programas. Para as especialidades de Áreas Básicas e Acesso Direto, a prova foi composta por 80 questões objetivas de múltipla escolha e teve 4h de duração

Os candidatos de especialidades com Pré-Requisito também foram avaliados por uma prova com 80 questões objetivas. Já para as especialidades Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Endoscopia, Mastologia, Cirurgia Geral – Programa Avançado e Áreas de Atuação, a prova contou com 40 questões.

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE)

IAMSPE é o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual, que atende 1,3 milhões de pessoas no Estado de São Paulo. Os usuários contam com rede própria de atendimento, com mais de 3 mil opções de serviços em 173 cidades.

O sistema inclui hospitais de qualidade, como o Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE), localizado na cidade de São Paulo e referência em tratamentos de casos de alta complexidade. Além disso, usuários têm acesso a clínicas, consultórios médicos, 17 postos de atendimento próprios e laboratórios de análises clínicas e de imagem, segundo a descrição do site do IAMSPE.

Para não perder nenhuma atualização no universo da medicina e ficar por dentro dos seletivos de Residência Médica, de revalidação de diplomas e conteúdos técnicos, continue acessando o Portal do Estratégia MED

Banner CTA EMED
Você pode gostar também